domingo, 13 de Outubro de 2013

Windhaven - George Martin e Lisa Tuttle



Venha mergulhar neste mundo maravilhoso que George R. R Martin desenhou com a mestria e talento que fazem dele… o novo Tolkien.

George R. R. Martin, mundialmente famoso pela saga épica de A Guerra dos Tronos, alia-se a Lisa Tuttle na criação do mundo de Windhaven, um planeta que se tornou o refúgio dos humanos após um desastre espacial. Constituído por pequenas ilhas, clima impiedoso e mares infestados de monstros, Windhaven é uma terra que tem tanto de sonho como de pesadelo.

Ao descobrirem neste novo planeta a habilidade de voar com asas de metal, os voadores de asas prateadas tornam-se a elite e levam a todo o lado notícias, canções e histórias. Atravessam oceanos, enfrentam as tempestades e são heróis lendários que enfrentam a morte a cada golpe traiçoeiro do vento.

Maris de Amberly, filha de um pescador, foi criada por um voador e nada mais deseja do que conquistar os céus de Windhaven. A sua ambição é tão forte que a jovem desafia a tradição para se juntar à elite. Mas cedo irá descobrir que nem todos os voadores estão dispostos a aceitá-la e terá de lutar e arriscar a vida pelo seu sonho. Conseguirá Maris vencer ou tornar-se-á uma testemunha do fim de Windhaven?


Opinião:

George Martin é um dos meus escritores favoritos, já fui por diversas vezes surpreendido pelas surpresas que nos prega. Adoro A Guerra dos Tronos que é uma serie amplamente conhecida e onde o escritor, quanto a mim, é genial. Só desejo que acabe a saga tal como a começou, isto é bem e embora me pareça, que o escritor andou ali um pouco perdido no último livro, os últimos capítulos deixaram-me tranquilo e com a certeza que o melhor ainda está para chegar. 

Mas quis experimentar ler outros livros do escritor e que bela surpresa foi ler o seu livro, “Sonho Febril”, escrito há imenso tempo, muito antes de toda esta onda sobre vampiros, considero ser um dos melhores livros dentro do género (sobre vampiros).

Não li, ainda, os livros de contos do escritor onde muitos deles visam a FC, como por exemplo "O Cavaleiro de Westeros e outras histórias" (curiosamente o único livro que tenho autografado pelo escritor), pois não sou muito de ler livros de contos, embora já tenha lido alguns e de qualidade como a Voz do Fogo de Alan Moore. No entanto, nunca pensei ser surpreendido com tanta qualidade do escritor a nível de FC, neste “Windhaven” que deve ter sido o livro que li mais rápido, tal a ansia que o livro me provocou. Agora entendo bem o porquê de várias pessoas elogiarem tanto o seu trabalho de FC, fiquei completamente satisfeito com este livro e com vontade de ler mais histórias do escritor neste género literário. 

O livro tem tudo de bom a que Martin já nos habituou e acaba por ser um livro com uma escrita muito fluída, com um universo bem planeado, consistente, bem preparado e com personagens que rapidamente nos conquistam. 

Constituído por 3 novelas sempre com Maris como personagem central, que foi crescendo imenso à medida que o livro avança, qualquer uma destas novelas nos cativa. Se a primeira é bem desenvolvida, a segunda apresenta-nos outra personagem, bem complexa e interessante, que dá o nome à novela Val, também conhecido como Monoasa , e que veio revolucionar por completo o desenvolvimento do enredo. Depois temos um final muito bem conseguido. 

Um livro comovente, onde sofremos pelos personagens, desejando que consigam concretizar os seus objetivos, que fala de liberdade, na luta contra uma sociedade estagnada e com leis injustas, da necessidade da respetiva mudança, de justiça, de valores e que nos cativa desde a primeira página, levando-nos ao ponto de nos emocionar em vários momentos. 

Não sei mais como elogiar o livro, mas para terminar quero partilhar convosco a forma como acabei por ler os livros do universo das Jóias Negras da Anne Bishop. No seu primeiro livro vinha uma citação que o livro iria agradar a todos os admiradores da escritora Juliet Marillier. Na altura andava fascinado com a Juliet e levou-me a ler os livros da Anne Bishop. Embora não tenham nada a ver, estilos completamente diferentes ainda assim tinham algo em comum, a qualidade dos universos criados. 

Assim deixo a minha citação pessoal: 

"A todos os admiradores de Anne Bishop, Juliet Marillier, Robin Hobb e mesmo Jacqueline Carey, leiam este livro e no final sentirão o fascínio de ter lido uma bela historia....algo verdadeiramente MÁGICO"

40 comentários:

  1. Amigo Fiacha este é um dos livros que me desperta grande interesse. Sabes que para mim as capas dos livros são importantes. E por vezes quando estou indecisa a capa e claro a sinopse do livro é fundamental na decisão de adquiri-lo ou não. E eu gostei bastante desta capa. E a tua opinião reforçou ainda mais a ideia de o adquirir. E se dizes quem gosta de Juliet entre outras Boas escritoras gostará deste também então é um livro prioritario na minha extensa lista. Como sempre a tua opinião tem ajudado imenso nas minhas indecisões.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      Tenho a certeza absoluta que irás gostar, tem magia, ficamos contentes ao chegar ao final do livro, depois dizes-me ;)

      E algo que me aconteceu, fico ainda mais espantado com a qualidade e versatilidade do escritor :)

      Bjs e boas leituras...e para o mês seguinte teremos um escritor canadiano que adoro por cá publicado eheheh Tigana do Gavriel Kay :D

      Eliminar
    2. Ola amigo!
      Agora que li este livro posso dar-te a minha opinião. Não fiquei tão fascinada quanto tu ao principio até achei o livro aborrecido e com um tema pouco interessante. No entanto não desisti porque estava sempre na expectativa de algo novo ou algo que viesse mudar um pouco o tema que estava muito morno. Ainda bem que apareceu Val. Gostei imenso da personagem. Gostei do final embora ficasse desapontada de não saber o que aconteceu a Evan certamente morreu, morreram quase todos. Não achei um livro brilhante mas foi bom le-lo.
      E tenho algo importante a dizer " Eu sou uma presa a terra sem preconceito de o dizer"rsrsrs aliás gosto imenso de ter os meus pés bem assentes na terra.
      No livro o preconceito é terrivelmente acentuado.
      Bjs vou para a próxima leitura e muito aguardada. Leões de Al-Rassan

      Eliminar
    3. Olá miga :)

      Bem depois de ver os teus comentários iniciais ainda bem que o livro se tornou melhor com a entrada em cena de Val, pelo menos a II parte do livro agradou-te mais.

      Tenho pena que não tenhas gostado tanto, a mim surpreendeu-me pela positiva até porque demonstra a versatilidade do escritor em escrever vários géneros e agora já tens uma ideia diferente da FC, como vez há histórias que até são giras ;)

      Ai mas Os Leões de Al Rassan já é outra loiça e é mais Roamnce Histórico, espero que gostes mais, depois diz, até podes comentar no Tigana...e é Canadiano :D

      Bjs e tudo de bom :)

      Eliminar
  2. Ai que bom saber que é um excelente livro! Estou com ele para ler em ebook e depois de me sentir um pouco frustada com "A Morte da Luz", outro livro de FC do Martin publicado aqui no Brasil, eu estava com medo de arriscar ler um romance dele no gênero. Vou ler Windhaven com certeza, espero que ainda neste ano. Valeu pelo ótimo post, amigo Corvo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Cassi,

      Nossa conhecendo os teus gostos literários se esse livro do Martin for por cá publicado, não devo investir, pode é a curiosidade tramar o corvo eheheh.

      Vais gostar tenho a certeza ;)

      Bjs e boas leituras e Cassi não deixes escapar o Tigana do Gavriel Kay, vai ser o próximo que a SDE lança no Brasil, estou super ansioso :D

      Eliminar
    2. Oba! Estou com Windhaven aqui e devo começar em breve, assim que eu terminar um outro livro. Já estou com o Tigana tb, mas em inglês.

      Eliminar
    3. Ois,

      Muito bem, estou a ler Moorcook, mas se pintar Tigana e o 2 volume das cronicas dos Senhores da Guerra, vão ter prioridade máxima :)

      Este livro parece juvenil, tipo jogos da fome, mas está muito bem conseguido ;)

      Bjs

      Eliminar
  3. Oi amigo corvo,

    realmente Martin tem capacidade de nos surpreender cada vez mais, gostaria de ler esse livro, mas ainda, não chegou ao Brasil, mas assim que chegar lerei, e comentarei com vc certo? Parabéns pela resenha ou opinião, muito boa!

    Abraços e boas leituras,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Amanda :)

      Olha fica com o livro debaixo de olho, se sair por ai não deixes escapar é um grande livro ;)

      Bjs e boas leituras e bom livro que estás a ler do Joe Abrecombie ;)

      Eliminar
  4. Bem interessante me parece este livro.
    Ainda não li nada do Martin no que respeita à FC. Não será para já, pois ainda ando por Urth e tenho muitas coisas à espera, nomeadamente uma volta pelo Japão, e Inglaterra nos meados do século XIX e ....
    No entanto este excelente comentário despertou-me a curiosidade
    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga,

      Ui o universo de Urth é bem mais complexo e profundo, mas este livro vale bem a pena ser lido e já sabes, quando quiseres é só dizer.

      Bjs e continuação de boas aventuras com Gene Wolfe ;)

      Eliminar
  5. Estou a começar a ler este autor e aumentaste a minha curiosidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Liliana,

      Sim deixa-te andar no meio dos Stark e dos Targarien que andas a ler coisa boa e tenho a certeza que ainda vais levar ai uns bons KO...espero que não tenhas ainda visto a serie, ainda assim o bom mesmo um pouco mais à frente ;)

      Este livro será a prova que o Martin é muito versátil e que escreve bem, se poderes lê o Sonho Febril, que é sobre vampiros que é igualmente bom :)

      Bjs e cumprimentos meus ao Varys e ao Mindinho eheheh...e um beijinho especial A Cersei, a mulher é uma brasa :D

      Eliminar
  6. Olá Fiacha,

    Este livro é apenas mais um na minha lista de A Ler que é gigantesca :) Eu ainda não li Martin. Tenho alguns livros dele mas estou à espera de acabar umas coisas no blogue antes de me meter em sagas e clássicos.
    Se já tinha curiosidade sobre este livro, então com o teu comentário aumentou ainda mais :) Bom comentário ;)

    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois amiga,

      Olha que nem sabes a sorte que tens de ainda não teres lido nada do Martin, espero que não tenhas visto a serie a Guerra dos Tronos e se não o fizeste é bom sinal....Este escritor é muito bom e é cruel, tal como gosto ehehehe

      Mas vale bem a pena ler este livro fiquei admirado ;)

      Bjs e boas leituras :)

      Eliminar
  7. Olá Fiacha!

    Hum... este é um daqueles escritores que ainda não li! Mas eu explico desde já a razão! Todos me dizem ser altamente viciante!! Todos dizem que não conseguem parar de ler! Bem... como já passei por isso com outra escritora (preferida da minha pessoa, Anne Bishop) decidi que só começarei a ler, por exemplo, a Guerra dos Tronos quando o senhor escrever a saga toda... e quando existir toda traduzida para português (já tenho alguns livros da saga e não gosto de misturar edições em línguas diferentes)... sendo assim é esperar... mas Fiacha... conta-me lá... este livro é filho único? Sozinho no mundo? Sendo assim poderia dar uma "espreitadela" ;)

    Obrigada!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga,

      Bem se estás à espera que o homem acabe, arranja uma boa cadeira que ainda deve demorar :D, bem sei que agora com a notoriedade da serie, veio colocar ainda mais pressão no escritor (espero que não seja prejudicial), mas vai demorar seguramente. No entanto a sorte é tua ainda tens muita coisa boa por descobrir, desde que não tenhas visto a serie, caso contrario perde um bocado a piada. Seja como for os livros são bem melhores ;)

      Quanto a este livro, confirmo stand-alone, pode ate ter sido um livro escrito pela outra senhora e o nome dele ter sido utilizado para vender mais, mas penso que este livro foi escrito ainda antes da Guerra dos Tronos, se não estou em erro e nota-se claramente que há ali Martin e vale bem a pena, não tão "livro" como O Terror do Simmons mas ainda assim um excelente livro ;)

      Bjs e boas leituras com S. King, confesso que nunca atinei muito com o escritor, mas ainda tenho aqui muita coisa do homem por ler ;)

      Eliminar
    2. Oi migo!

      Lol é verdade... espero sentada que o senhor acabe... mas espero em boa companhia da minha lista interminável de livros lol enquanto ele se entretém a escrever eu entretenho-me a por a leitura em dia :) Depois quando houver o último livro da saga disponível em português eu ataco!! Lol será meses a fio de Martin :) Mas prefiro assim... entretanto vou comprando os livros em promoções e coisas do género... como não tenho pressa (lá está a história de ter que esperar sentada) espero por melhores preços e packs :)

      Se é stand-alone então talvez dê uma olhada ;) Oh... "O Terror", o terror... confesso que já tenho saudades do frio que o livro me provocava ;) não sei se é tão bom ou não mas também são estilos diferentes, certo? :) Na lista de espera a aguardar ;)

      Boas leituras também para ti! Ainda estou no início do livro por isso não posso dizer grande coisa... mas até agora vai bem :)

      Beijinhos

      Eliminar
    3. Ois miga,

      Colocar em dia tudo o que temos para ler é demanda digna de uma ida a Morder :D...penso que ser paciente é uma virtude e nisto dos livros aplica-se e bem, nada como esperar um tempo por promoções ;)

      Martin tem um livro ao "nivel" do Terror, O Sonho Febril, mais sobre vampiros e que é igualemente livro único. Outro excelente livro do escritor.

      Este é menos "obscuro" mais juvenil, digamos, mas que se chega ao fim e dizemos, valeu a pena ;).

      Ok, eu estou curioso com o lançamento da serie Dark Tower, não deve ser o que estás a ler, pois gostas tudo devidamente publicado *assobio*, mas se for, vai dizendo se estás a gostar ;)

      Só não investi ainda por ser a berthand e já me deixaram pendurados, entre outros com a Roda do Tempo do Robert Jordan ;)

      bjs

      Eliminar
  8. Olá Fiacha! :)

    Martin também é para mim um autor fenomenal. A sua escrita é única e conseguiu criar um "Mundo" maravilhoso na sua tão afamada saga. Eu quanto a FC li muitos poucos livros do gênero, mas estou bastante tentada em ler esse. Tanto pelo que referiste como por ter sido escrito pelo Martin. Deve estar magnífico, fiquei muito curiosa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sarita :)

      Concordo em tudo com o que dizes, até experimentei o Sonho Febril, sobre vampiros e o livro é muito bom e claro um genero diferente, mas este é igualmente um excelente...já sabes acaba lá o Feist e depois falamos caso necessites ;)

      Bjs e boas leituras :)

      Eliminar
  9. Olá Fiacha. :)

    Também para mim "Sonho Febril" é um dos meus livros preferidos e o melhor que já li do género. Quanto ao género FC, cada vez mais é um género que me chama à atenção e fiquei mesmo muito curiosa com este volume, por um lado por ser Martin, de quem gosto muito e por outro por nos apresentar um género diferente daquele a que estou habituada a ler dele. Sem dúvida, que este volume fica debaixo de olho, ainda para mais depois de ler a tua opinião. :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Olá Rita,

    Se te tivesse sugerido este livro como sugestão na nova rubrica do teu blog, não ficava mal, mas a sugestão apresentada penso ser superior a este ;)

    Isso mesmo o Sonho Febril é um bom livro, este também o é ;)

    Bjs e boas leituras :)

    ResponderEliminar
  11. Ai Fiacha, que vou ter de te dar na cabeça!!! Mas antes vamos lá aos elogios.

    Este livro é realmente muito, mas muito bom (e eu que o li primeiro que tu e ainda não escrevi nada no meu blog...). E, claro os parabéns por mais um bom texto, mas (raios partam os mas!!!) não está completo...

    Se é verdade que o livro é bom a esse facto não será alheio ele ter sido escrito a duas mãos, e tu nem um única vez falas na Lisa Tuttle. Eu já li tudo o que o que o Martin tem publicado por cá e portanto posso afirmar com relativa segurança que este livro seria muito diferente se tivesse sido só escrito pelo Martin. A Lisa Tuttle equilibra muito bem certas tendências do Martin e isso nota-se muito ao longo de todo o livro. O resultado final é algo consideravelmente diferente do que se apenas um tivesse escrito o livro, sem que a qualidade esteja em causa, muito pelo contrario.

    Numa nota final de esperança só digo que tal como não eras um apreciador de FC e agora e ver-te devora-la, como é exemplo este livro, só posso dizer que ainda vou fazer de ti um leitor de contos inveterado.

    Um abraço amigo Corvo.

    ResponderEliminar
  12. Olá Marco,

    Não deixas de ter razão, a senhora tem o seu mérito, penso até que o livro é escrito antes das cronicas, posso estar enganado, mas se não foi, ali há papel do Martin, mas pode ter sido uma medida de Marketing...Se fosse só Martin havia aquilo que tanto gosto, lerpas crueis, violentas e que nos deixam KO.

    Ainda assim e seja como for, é um livro excelente e sim cada vez gosto mais de FC e tento divulga-la se me dão ouvidos já não sei :D

    Os contos vai ser mais difícil, eu gosto atenção, não mete palha e há contos muito bons, o problema que vejo é que quando estou a gostar acaba :)

    Abraço e boas leituras e obrigado por muitas recomendações de livros de FC, verdade seja dita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah Fiacha sou inteiramente da opinião do Marco quanto aos contos, eu também digo ainda te vou ver a devorar contos, ah ah ah :D

      Eliminar
    2. lol,

      Acredito, eu gostava imenso dos contos do Conan o Barbaro, mas acabava logo.

      Por acaso há imensos na Revista BANG, é só começar a dedicar-me a eles ehehehe

      Eliminar
  13. Boas Fiacha

    Por acaso vou levantar este livro na sexta-feira, ganhei-o no Liga e Ganha há umas duas semanas :) Gostei da tua opinião.

    Abraço e fica bem.

    ResponderEliminar
  14. Olá Stark,

    Bem cheio de sorte, depois de o leres comenta a ver se gostaste e parabéns, sortudo :P

    Abraço

    ResponderEliminar
  15. Olá,

    Eu adoro o George Martin, ando a ler A Guerra do Tronos aos bochechos, pois como não posso comprar tenho trazido da biblioteca e estão sempre reservados e lá tenho de ficar montes de tempo numa lista de espera.
    Mas acho que mesmo assim a espera compensa.
    Não li mais nada do autor, pois não os posso comprar e a biblioteca aqui da zona parece que também anda com as finanças em baixo.
    Fiquei bastante curiosa com o teu comentário, que me fez lembrar, e lá vou eu repetir-me outra vez, A Saga dos Cavaleiros de Pern.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      sem duvida que vale a pena ler as crónicas, mais cedo ou mais tarde acabas por ir tendo os livros disponíveis e lês dessa forma, pois realmente não podemos comprar todos os livros que gostávamos :)

      Essa saga não conheço, embora tenha 3 livros, mas não me parece e é um livro único, que se lê num tiro :)

      Bjs e boas leituras

      Eliminar
  16. Olá Fiacha!

    li o teu comentário e fiquei impressionada. Já tinha lido comentários muito agradáveis sobre ele mas não consigo ficar completamente convencida. Isto deve-se ao facto de ter ficado bastante dececionada com O Cavaleiro de Westeros e Outras Histórias, que não gostei muito. Também li Sonho Febril e não desgostei, mas não consegui ficar completamente encantada. Ou seja, dele só as Crónicas de Gelo e Fogo é que me enchem as medidas. Por isso não apostei neste livro nem no outro de contos.

    Gostava realmente de lê-lo, mas tenho medo de não gostar... apesar do que dizes e outras pessoas também. Aliás, no teu comentário é complemente possível constatar a tua alegria com o livro, tendo em conta que gostaste muito. E o que disseste sobre a história até me agrada... ai! É confuso xD

    Excelente comentário =)
    Bjs e boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria Rita,

      Não li o Cavaleiro de Westeros, como referi, mas esqueçe, garantidamente não tem nada a ver, tens momentos que parece que estás a ler o 1º volume dos Jogos da Fome, tens personagens que fazem lembrar Fitz, mas acima de tudo a personagem principal....bem no fundo está um livro muito parecido com os Jogos da Fome, se formos a ver bem e esses sei que gostaste ;)

      Aposta, ganhas o prazer de ler um bom livro, compreendo que o Sonho Febril possa não te ter enchido as medidas, mas este é muito mais fluido ;)

      Bjs e boas leituras :)

      Eliminar
  17. Olá amigo Fiacha ^_^

    Ora aqui está um escritor cada vez mais surpreendente..:) bem sei o quanto és fã deste escritor, e tens todas as razões para isso. Um grande escritor, grandes histórias que têm surgido no mercado de GM. Deixaste um entusiasmo viciante e não é de esperar outra coisa senão como uma leitura excelente, pelo menos, assim têm sido tantos outros livros do mesmo autor. Será uma prenda de natal a oferecer sem dúvida...boas leituras...beijinhos ^_^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá miga,

      Subscrevo como sendo uma excelente prenda de natal para o teu Targarien e aproveitas e lês também :D

      Bjs e boas leituras :)

      Eliminar
  18. Olá Fiacha.

    Também gostei bastante deste livro. Parabéns pela opinião, muito boa!

    O mundo criado está muito bom e, claro, que o GRRM leva os personagens a situações extremas onde as decisões são tudo. O final é algo que gostei bastante, emotivo e com significado, deixando passar uma clara mensagem.

    Parabéns e boas leituras!

    ResponderEliminar
  19. Olá Luís,

    Obrigado :)

    Sem duvida uma leitura muito agradável e que me surpreendeu pela positiva ;)

    Abraço e boas leituras :)

    ResponderEliminar
  20. Olá miga :)

    Bem depois de ver os teus comentários iniciais ainda bem que o livro se tornou melhor com a entrada em cena de Val, pelo menos a II parte do livro agradou-te mais.

    Tenho pena que não tenhas gostado tanto, a mim surpreendeu-me pela positiva até porque demonstra a versatilidade do escritor em escrever vários géneros e agora já tens uma ideia diferente da FC, como vez há histórias que até são giras ;)

    Ai mas Os Leões de Al Rassan já é outra loiça e é mais Roamnce Histórico, espero que gostes mais, depois diz, até podes comentar no Tigana...e é Canadiano :D

    Bjs e tudo de bom :)

    ResponderEliminar
  21. Boas!

    Adorei este livro!
    Confesso que ia um bocado de "pé atrás", porque estou farta do Martin...lol. Depois das Crónicas intermináveis e dois livros de contos (em que tanto adoro um como acho o seguinte intragável...) bem, queria era ver o Martin longe. Muito longe. lol.
    No entanto, o ter a "mão" da Lisa Tuttle era um sinal de que este livro talvez fosse algo de diferente, e as boas críticas aqui no blog e no fórum Bang convenceram-me.
    E adorei o livro, porque tem tudo para me agradar: personagens que ganham a minha empatia desde o início, o modo como a protagonista "cresce" ao longo da sua vida, o modo como a história tem três partes que focam batalhas aparentemente distintas, mas todas elas interligadas. E, sobretudo, num mundo tão diferente do nosso, vemos sonhos, sofrimentos, lutas, inspirações, preconceitos e medos iguais aos nossos.
    Não é, ainda assim, um livro que me vá perdurar na memória, nem personagens de tal maneira marcantes que me vá recordar delas de vez em quando. Nesse aspecto, achei o Sonho Febril muito mais marcante.
    E também é muito mais marcante a escrita da Juliet Marillier, sobretudo em certos livros. Não percebi muito bem a evocação dela em relação ao Windhaven ... acho que não tem nada a ver... Mas a Juliet também não tem nada a ver com a universo das Jóias Negras da Bishop, e foi usada como comparação... São maneiras diferentes de ver as coisas. E de fazer marketing. Visto desta maneira tem a sua lógica. :)

    Cumprimentos nortenhos. :)

    ResponderEliminar